À Deriva #08 – Lembranças de um Moribundo

À Deriva #08 – Lembranças de um Moribundo

“Por que não morri ao nascer, e não pereci quando saí do ventre? Por que houve joelhos para me receberem e seios para me amamentarem? Por que não me sepultaram como criança abortada? Por que se dá luz aos infelizes, e vida aos de alma amargurada?” O quarto estava completamente desconfigurado. O moribundo estava encolhido [&hellip


À Deriva #08 – Lembranças de um Moribundo


Fonte: No Barquinho