Eventualidade da fé

Eventualidade da fé

Eventualidade da fé


João capítulo 4 no versículo 47 descreve um pai que tinha um filho doente: “Quando soube que Jesus viera da Judeia para a Galileia, foi até ele e suplicou que fosse a Cafarnaum para curar seu filho, que estava à beira da morte”. Direto, urgente. O oficial tinha um pedido e um plano de ação. Em sua mente, os dois andariam lado a lado de Caná a Cafarnaum.

A resposta de Cristo nos surpreende. “Se vocês não virem sinais e maravilhas, nunca crerão” (João 4:48)? Ele levantou uma bandeira de advertência contra uma fé eventual que diz eu acreditarei se… ou eu acreditarei quando… Então Jesus disse ao pai, “Volte para casa. Seu filho viverá” (João 4:50). Este foi o momento da verdade para o pai, o momento que ele partiu na caminhada mais longa. O homem acreditou na palavra falada de Jesus. Agora você faz o mesmo. Lembrem-se, amigos, vocês nunca estão sozinhos.

O post Eventualidade da fé apareceu primeiro em irmaos.com.


Fonte: Irmãos.com