Feminismo Evangélico. 2. Pregamos a Justiça de Cristo e não a linguagem opressor x  oprimido.

Feminismo Evangélico. 2. Pregamos a Justiça de Cristo e não a linguagem opressor x oprimido.